PUBLICIDADE
HomeNotíciasAvaliações
Compartilhar

Avaliação KBB™ - Honda Accord Touring

Carro mais caro da Honda faz você pensar duas vezes antes de comprar um sedã premium alemão

A nova geração do Honda Accord diminiu 1 cm em comprimento e abandonou o motorzão V6 em favor de um 2.0 turbo com 24 cv a menos. Se alguma dessas informações fez você torcer o nariz, não se engane: o sedã de luxo da Honda não deixa de entregar nada que o consumidor capaz de pagar R$ 200 mil em um automóvel esperaria. 

O novo Accord passou por uma total reformulação nesta décima geração. Sua plataforma é a mesma do Civic e ele ainda pega mais características emprestadas do irmão menor, como o design com faróis afilados e lanternas do tipo "bumerangue". De perfil, o modelo adotou um caimento mais acentuado da coluna C, dando um leve "quê" de cupê ao sedã. Disponível por R$ 204.000, o Accord é vendido apenas na versão Touring e concorre diretamente em preço com seu arquirrival Toyota Camry XLE (R$ 206.200) e com os alemães premium Mercedes-Benz C 200 EQ Boost (R$ 221.900) e BMW 320 Sport (R$ 195.950). 

Do que você vai gostar no Honda Accord Touring

Quem procura por um sedã grande como o Accord geralmente não quer abrir mão de espaço interno genoroso, conforto ao dirigir, desempenho animador e tecnologia. E o Accord manda bem em todos estes quesitos. Começando pelo espaço, se o seu comprimento ficou 1 cm menor, a distância entre-eixos cresceu 5,5 cm, o que lhe rende um total de 2,83 m, o que é mais do que suficiente para abrigar com amplo conforto até quem for mais alto nos bancos de trás. 

O motor 2.0 turbo pode ter menos potência do que o antigo V6, mas na prática o Accord ficou com reações mais ágeis. Ele atinge os 100 km/h em pouco menos de seis segundos e o pico de torque disponível já em baixas rotações fazem com que o sedã responda rápido às diferentes demandas no acelerador, chegando a surpreender pelo modo fácil com o qual ele ganha velocidade "engolindo" cada uma das dez marchas do câmbio automático de maneira suave e precisa. 

Honda Accord Touring

Quanto ao conforto, o único revés deste aspecto é o trabalho com um barulhento da suspensão traseira, mas o nível de ruído da cabine no geral é exemplar para quem gosta de dirigir no silêncio. A absorção dos impactos da pista também é elogiável para o padrão da categoria. 

A Honda também não economizou em tecnologia para o Accord, uma vez que ele foi escolhido para estrear o pacote de assistentes à condução Honda Sensing, que vem de série no modelo. Tratam-se dos recursos de controle de cruzeiro adaptativo (ACC), assistente de permanência na faixa, alerta de colisão frontal, frenagem de emergência e detector de pontos cegos. A lista de equipamentos ainda é complementada com bancos com ajustes elétricos e opção de memória, central multimídia de 10'', carregador por indução, farol alto automático, câmera de ré, sensores de luz e chuva, entre outros mimos. 

Talvez você não curta...

A operação do conjunto de assistentes à condução não é tão precisa quanto a de outros modelos com o mesmo nível de tecnologia, como os da Volvo. A atuação do ACC em conjunto com assistente de faixa até consegue copiar o trajeto do veículo à frente durante um determinado tempo (até os 50 km/h), mas o sistema é mais suscetível à perda do reconhecimento das faixas da pista e o veículo parece mais oscilar entre uma extremidade e outra da faixa do que se manter centralizado nela. 

O nível de acabamento do Accord certamente é requintado, porém, não está no mesmo patamar dos sedãs premium. Há bastante presença de materiais macios, mas a Honda não consegue, no Accord, reproduzir a mesma robustez na instação dos peças, até porque, no exterior, o Accord não é um carro que concorre diretamente com os alemães em preço, como ocorre por aqui (nos Estados Unidos, por exemplo, os preços do Accord começam em US$ 24 mil, enquanto os do Série 3 partem de US$ 40 mil). 

Avaliação completa

Veja a nossa avaliação completa do Honda Accord Touring diretamente no nosso canal no Youtube! Aproveite para se inscrever e ficar por dentro de todo o conteúdo que publicamos no canal, semanalmente! 

Ponta do Lápis

Veja como o Honda Accord Touring se saiu em um comparativo contra seus rivais mais próximos!

Ficha técnica

Modelo Honda Accord Touring
Motor 2.0, 16V, tubro, 4 cilindros, dianteiro, transversal, gasolina
Potência 256 cv a 6.500 rpm
Torque 37,7 kgfm a 1.500 rpm
Câmbio Automático, 10 marchas
Tração Dianteira
Freios (d/t) Discos ventilados
Suspensão (d/t) McPherson / multibraço
Dimensões (C/L/A) 4,89 m / 1,86 m / 1,46 m 
Entre-eixos 2,83 m
Peso 1.547 kg
Porta-malas 574 litros
Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro