PUBLICIDADE
HomeNotíciasAvaliações
Compartilhar

Avaliação KBB™ - Fiat Argo Trekking

Adaptações ao modo "aventureiro" tornam o Argo Trekking mais confortável para enfrentar os buracos da cidade

A Fiat foi uma das marcas pioneiras ao popularizar o conceito dos hatches "aventureiros" no mercado brasileiro. Portanto, não foi muita surpresa ver que a fabricante adotou sua clássica receita "fora de estrada" ao seu carro mais bem sucedido atualmente, o Argo, para transformá-lo na versão Trekking que você conhecerá nesta avaliação. 

O Fiat Argo Trekking tem preço sugerido de R$ 59.990, o que o torna bastante competitivo entre seus pares que compartilham o mesmo apelo off-road. Por este valor, ele é mais acessível que o Chevrolet Onix Activ (lembrando que o Onix hatch mudará em breve), que o Hyundai HB20X da geração passada (o novo chegará às lojas em dezembro), mas fica atrás do Ford Ka Freestyle com motor 1.0.

Faz parte da versão Trekking a customização que dá direito à proteção plástica nas caixas de rodas, rack de teto, pintura preta do teto, adesivos no capô e laterais, rodas escurecidas e acabamento preto dos logos da Fiat, máscara dos faróis e cabine. Contudo, a caracterização do Argo não se limita ao aspecto visual, mas altera também sua altura em relação ao solo (são 4 cm a mais, totalizando 21 cm do chão) e o tipo de pneus que o equipam (são de uso misto, com perfil 60). 

Fiat Argo Trekking

Do que você vai gostar no Fiat Argo Trekking

O Argo Trekking é baseado na versão 1.3 Drive manual do hatch. Ou seja, ela carrega consigo todas os benefícios do motor 1.3 Firefly de 109 cv e 14,2 kgfm, que nós já havíamos avaliado quando tivemos a oportunidade de andar com o Argo Drive (aliás, este é o vídeo mais visto do nosso canal no Youtube). Isso significa dizer que o desempenho do Argo Trekking merece os mesmos elogios quanto à sua elasticidade e boa distribuição de potência e torque, a qual não parece sofrer com "buracos" de falta de fôlego em determinadas rotações. O acréscimo de velocidade ocorre de maneira contínua e progressiva ao longo de todo o espectro de rotação do motor. 

Ou seja, as mudanças mecânicas às quais o Argo Trekking foi submetido não impactaram em seu desempenho, tampouco na sua habilidade para fazer curvas de maneira equlibrada, como alguém pode imaginar pela elevação do centro de gravidade. A versão aventureira continua adernando pouco mesmo em curvas mais rápidas. 

Fiat Argo Trekking

Todavia, se o desempenho está praticamente idêntico, o que ficou notável foi a melhora para absorver os buracos, valetas e remendos do asfalto. O Argo já tem um comportamento mais macio nas versões regulares, mas o curso maior do conjunto de suspensão e, principalmente, os pneus de uso misto, superam com facilidade e conforto as imperfeições da pista. Ele, obviamente, não virou um SUV. Se você trafegar rápido por uma via acidentada demais, há bastante barulho proveniente do da suspensão, mas o motorista desfruta de muito mais tranquilidade para conduzir o carro em ruas esburacadas. 

Talvez você não curta...

Um dos reveses do pneu de uso misto é a eficiência. Na versão Trekking, por causa deles e das outras alterações, o Argo fica até 6% menos econômico em relação à versão Drive 1.3. Outro "pênalti" importante do Argo Trekking é referente à falta de controle de estabilidade de série nesta versão. Assim como a opção Drive 1.3 manual, o Trekking não dispõe deste item, que só surge na lista de equipamentos do carro a partir da configuração Drive 1.3 GSR (com câmbio automatizado). 

Fiat Argo Trekking

Avaliação completa

Assista à nossa avaliação completa sobre o Fiat Argo Trekking diretamente no nosso canal no Youtube! Aproveite para se inscrever, assim você não perde nenhum conteúdo nosso por lá! 

Ponta do Lápis

Veja também o nosso comparativo entre o Argo Trekking e seus principais rivais e o nosso veredito sobre a sua aquisição!

Ficha técnica

Modelo Fiat Argo Trekking
Motor 1.3, 8V, 4 cilindros, dianteiro, transversal, flex
Potência 109 cv a 6.250 rpm
Torque 14,2 kgfm a 3.500 rpm
Câmbio Manual, 5 marchas
Tração Dianteira
Freios (d/t) Discos sólidos / tambor
Suspensão (d/t) McPherson / eixo de torção
Dimensões (C/L/A) 3,99 m / 1,72 m / 1,56 m 
Entre-eixos 2,52 m
Peso 1.130 kg
Porta-malas 300 litros
Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Picape
SUV/Crossover
Sedã
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro