PUBLICIDADE
HomeNotíciasDicas
Compartilhar

Guia de compra KBB: Honda HR-V

De olho em um HR-V usado? Listamos as principais vantagens e desvantagens dele para você

Parece que foi ontem, mas o Honda HR-V já tem quase cinco anos de mercado. Isso certamente faz crescer os olhos de quem procurar por um SUV. Há grande oferta no mercado de usados e atuando em uma faixa de mercado que a maioria dos compactos atuais, como Hyundai HB20 e Chevrolet Onix, possuem suas versões mais completas. Por isso, talvez seja uma opção de modelo maior para sua família.

Se você ainda não conhece nosso Guia de compra, já trouxemos carros como Volkswagen Polo, Fiat ArgoPeugeot 208, Honda Fit, entre outros. Aqui, tiramos a limpo preços sugeridos, além de qualidades e defeitos de opções no mercado. Outro SUV que passou por aqui foi o Jeep Renegade.

DESEMPENHO

CONFORTO INTERNO

EQUIPAMENTOS E TECNOLOGIA

PRÓS E CONTRAS

QUAL VERSÃO COMPRAR?

DESEMPENHO  

O Honda HR-V, no seu lançamento, era equipado somente com o motor 1.8 16V flex de até 140 cv. O torque varia entre 17,4 kgfm e 17,7 kgfm, com vantagem para o etanol. O motor 1.5 turbo de 172 cv só foi lançado em 2019. Apesar de ter câmbio manual no lançamento, as atenções sempre foram voltadas ao automático do tipo CVT.   

Dirigindo, a posição mais alta que a média dos utilitários esportivos agrada, ao menos para quem busca esse tipo de característica. A potência é suficiente para empurrar os 1.270 kg do crossover, no entnanto, o câmbio prioriza quem busca conforto. Sendo assim, não espere acelerações muito empolgantes. A caixa simula sete marchas e tem funcionamento suave. 

Confira o preço KBB de todas as versões da Honda HR-V

Uma característica que pode ser incômoda é o fato da transmissão elevar demais o giro do motor quando se precisa de mais desempenho. Nessas situações, o ruído do motor invade a cabine e compromete o conforto.

CONFORTO INTERNO

A Honda foi esperta ao utilizar a plataforma de um carro reconhecido pela versatilidade e espaço. Afinal, isso se repete no HR-V. O sistema de bancos rebatíveis permite deixar o assoalho completamente plano para aumentar a capacidade do porta-malas ou levar itens mais altos e compridos, dependendo da forma como modular os bancos. 

Há muitos porta-objetos, até mesmo um porta-copos na saída de ar-condicionado, mantendo a bebida gelada. As portas também comportam uma boa quantidade de objetos.

Para os passageiros, o espaço é mais do que suficiente para cinco pessoas. Na configuração convencional, o porta-malas oferece 437 litros no porta-malas. O acabamento, apesar de simples, é bem feito, sem rebarbas ou sobras. 

EQUIPAMENTOS E TECNOLOGIA

Entre os itens de série estão airbag duplo, freios ABS, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, cinto de segurança traseiro de 3 pontos para todos os ocupantes, chave tipo canivete, alarme, vidros e travas elétricas para as quatro portas, retrovisores elétricos, direção elétrica, ar-condicionado, sistema de som com 4 alto-falantes CD MP3 Player, Bluetooth e entrada USB, freio de estacionamento elétrico e sistema Brake Hold, computador de bordo,  volante com ajuste de altura e profundidade, lanternas traseiras em led.

Mesmo as versões mais caras do HR-V não possuem grandes avanços tecnológicos. A central multimídia se quer possui conexão com Apple CarPlay e Android Auto. Sendo mais relevante a adição do ar-condicionado automático digital e airbags laterais.

PRÓS E CONTRAS

Vantagens Desvantagens
Espaço interno Consumo
Posição de dirigir Itens de série
Custo-benefício Isolamento acústico
Porta-malas Simplicidade no acabamento 
Conforto Conectividade

QUAL VERSÃO COMPRAR?

Seguindo a lógica de sempre, a versão mais simples é a mais barata, no entanto, a LX manual custa R$ 64.630, em média. Apesar do preço atrativo, é mais difícil de encontrar e de revender, além da diferença ser pouca para o câmbio automático. A mesma configuração com câmbio automático sai por R$ 68.412, segundo nossa ferramenta de preços.

No entanto, a configuração mais interessante em termos de custo benefício é a intermediária EX. O preço médio é de R$ 70.682, portanto, pouco mais de dois mil acima da anterior, adicionando à lista de equipamentos anterior os seguintes itens: rodas de liga leve de 17 polegadas, faróis de neblina, câmera de ré, volante multifuncional, rack no teto, retrovisores elétricos com repetidores de seta e visor LCD de 5 polegadas no rádio.

Já a topo de linha sai por R$ 77.147, portanto, cerca de R$ 7 mil a mais. E os itens adicionais estão citados acima, no campo de tecnologia. No entanto, acreditamos que são poucos com relação ao EX. Você também pode consultar outros anos e versões em nossa ferramenta exclusiva de preços.

 

CONFIRA NOSSA AVALIAÇÃO DO HONDA HR-V
 

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro