PUBLICIDADE
HomeNotíciasAvaliações
Compartilhar

Avaliação KBB™ - Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S

L200 não traz muitas novidades na linha 2019 e aposta no off-road para conquistar clientes

A máxima "em time que está ganhando não se mexe" é uma meia verdade para a Mitsubishi L200 Triton Sport. Isso porque ela está longe de ganhar, já que configura numa coadjuvante 5ª posição entre as picapes mais vendidas do país, mas, em relação a se manter fiel às suas tradições, a linha 2019 não faz feio. O modelo chegou ao mercado no primeiro semestre do ano trazendo poucas novidades em relação à quinta geração que conhecemos há pelo menos dois anos. As diferenças mais relevantes foram estéticas, como a nova grade cromada. 

Num segmento cada vez mais preocupado em agradar públicos mais exigentes com influência urbana, a L200 Triton Sport 2019 faz questão de se vangloriar das suas capacidades off-road. A marca promove trilhas e ralis com seus clientes e a picape, nesta versão HPE-S topo de linha avaliada pela Kelley Blue Book Brasil, oferece armas suficientes para fazê-la superar praticamente qualquer obstáculo no fora-de-estrada. Nesta opção pela diferenciação, o que é prejudicado é o conjunto da obra para um utilitário que custa R$ 175 mil e que deixa de trazer acabamento e mimos esperados para um produto desta cifra. 

Nesta faixa de preço, a L200 Triton Sport HPE-S bate de frente com as versões SRV da Toyota Hilux (a líder da categoria), LTZ da Chevrolet S10, XLT da Ford Ranger e LE da Nissan Frontier. Em termos de equipamentos, a picape da Mitsubishi não deixa muito a desejar, sobretudo em comparação com a Hilux, mas fica atrás da S10, que, na versão LTZ, já conta com alertas para saída de faixa e colisão frontal e outros sensores que a L200 não tem (a Ranger disponibiliza piloto automático adaptativo como principal diferencial, mas apenas na versão Limited, mais cara). A favor da L200 estão os 7 airbags, central multimídia moderna e tração 4x4 com opções de bloqueios do diferenciais central e traseiro. 

Do que você vai gostar na Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S

A Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S é realmente voltada àqueles que convivem com estradas de terra. A suspensão é bastante adequada para enfrentar terrenos mais acidentados e as já citadas armas para o off-road desta versão fazem toda a diferença para ela. A tração 4x4 com reduzida e bloqueios dos diferenciais são complementados com ângulo de entrada de 30º, ângulo de saída de 22º, altura livre do solo de 22 cm e travessia de trechos alagados com até 60 cm de profundidade. Esta é a receita completa para o espírito aventureiro da L200, que possui diâmetro de giro menor do que 12 m, um dos destaques do modelo.

O motor 2.4 16V turbodiesel de 190 cv e 44 kgfm de torque tem números na média do segmento e um desempenho que o aproxima mais do de modelos como Hilux e Frontier, mas que colocam a picape um degrau abaixo de S10 e Ranger neste aspecto. Nada que atrapalhe muito a vida do motorista. O motor não sofre para embalar o modelo e o câmbio, embora ultrapassado em relação à concorrência por ter "apenas" 5 marchas, entrega boa sincronia com o motor e as aletas atrás do volante ajudam a explorar melhor o desempenho da picape sem a interferência da central eletrônica nas decisões de avançar ou reduzir marchas. 

Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S

A inclinação da cabine em relação à caçamba amplia a sensação de espaço e o conforto para quem viaja nos bancos de trás da picape. A lista generosa de equipamentos e os 7 airbags são outros argumentos de conquista do modelo. 

Talvez você não curta...

Se por um lado a suspensão da L200 é um ponto positivo para colocá-la na terra, seu comportamento macio demais no asfalto (especialmente quando vazia) provoca as características oscilações da carroceria que chegam a incomodar quem está na cabine, algo que alguns concorrentes dela já conseguiram sanar ao transformar as picapes em modelos mais confortáveis para o uso urbano. A falta de refino da versão também afasta quem tem esse perfil misto, pois o acabamento da L200 é bastante espartano e itens como o painel de instrumentos analógico com computador de bordo monocromático e navegável por um pino demonstram a idade relativamente avançada do projeto. A ausência de saída de ar para os passageiros de trás é outra falha do projeto da versão HPE-S. 

Avaliação completa

Conheça todos os detalhes e como é dirigir a Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S na nossa avaliação completa diretamente no nosso canal no YouTube! Aproveite para se inscrever e não perder nenhum conteúdo nosso por lá! Vídeos novos surgem toda semana! 

Ficha técnica

Modelo Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S
Motor 2.4, 16V, 4 cil., turbodiesel, dianteiro, longitudinal
Potência 190 cv a 3.500 rpm
Torque 43,9 kgfm a 2.500 rpm
Câmbio Automático, 5 marchas
Tração 4x4
Freios (d/t) Discos / Tambor
Suspensão (d/t) Independente / eixo rígido
Dimensões (C/L/A) 5,28 m / 1,82 m / 1,79 m 
Entre-eixos 3,00 m
Peso 1.950 kg
Caçamba 1.046 litros
Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

SUV/Crossover
Sedã
Picape
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro